Carregando...
Enviando...
INSTITUTO CENTRO DE CAPACITAÇÃO E APOIO AO EMPREENDEDOR

Central Mãos de Minas: apoio ao segmento artesanal

 

          O processo que culminou com a criação da Central Mãos de Minas surgiu da experiência vivida por sua fundadora, Tânia Machado, hoje presidente do Instituto Centro CAPE. Ao produzir peças artesanais, no início dos anos de 1980, Tânia se deparou com as dificuldades vividas pelo artesão brasileiro para conseguir comercializar a sua produção. Os obstáculos para que as peças artesanais chegassem ao mercado iam desde à impossibilidade de emissão de uma nota fiscal, já que a maioria dos artesãos trabalhava na informalidade, até a falta de apoio para que a produção fosse exportada.

          Por meio da mobilização de artesãos, empresas e governos, Tânia iniciou um movimento para transformar a realidade do segmento e os primeiros frutos foram colhidos, em 1983, com a implementação, pelo governo de Minas Gerais, do Projeto Mãos de Minas, para o apoio ao artesão e a promoção do artesanato do estado. O sucesso da iniciativa fez com que o projeto se tornasse autônomo com a criação da Central Mãos de Minas, uma associação sem fins lucrativos, que passou a oferecer aos artesãos associados serviços como a emissão de nota fiscal, livrando o produtor de um burocrático e moroso processo para a obtenção do documento, o financiamento para a produção, com a criação de um banco popular, e capacitação para o aprimoramento da gestão dos negócios e para elevar a qualidade da produção.

          Hoje a Central Mãos de Minas oferece apoio ao artesão, desde a produção até a comercialização, minimizando as dificuldades para que o trabalho artesanal possa, de fato, gerar renda aos produtores. A instituição está ainda envolvida em projetos de alcance nacional e internacional.

          Faça contato pelos e-mails mminas@maosdeminas.org.br ou relacionamento@maosdeminas.org.br.

          Para saber mais sobre a Central Mãos de Minas, acesse o site